Onde estou?  Fórum UOL Esporte > Vasco
  •  
Compartilhe:
  • Enviar por e-mail
  • Orkut
  • Facebook
  • Twitter
  • Avalie:
26/01/2012 16:04

Blogueiro flamenguista tenta diminuir o Sul-Americano de 1948 do Vascão.

  • Novo tópico
Páginas:  1  | primeira | anterior | próxima | última

VascoReader

Mensagens: 1
Cadastro: 26/01/2012

Nível 0

Olá, irmãos vascaínos,

Encontrei na Internet um blog dum flamenguista, Gustavo Serra , tentando diminuir o Sul-Americano de 48 do Vasco. O cara escreveu um texto chamado O

Pandora da Fiel

Mensagens: 67511
Cadastro: 13/08/2009

Nível 7

Mensagem publicada em 29/01/2012 09:33
VascoReader
Olá, irmãos vascaínos,

Encontrei na Internet um blog dum flamenguista, Gustavo Serra , tentando diminuir o Sul-Americano de 48 do Vasco. O cara escreveu um texto chamado O "Torneio Colo Colo ou a Desfaçatez Vascaína de Se Jactar Bicampeão da América".

O blog do cara é dentro do site do JB ( http://jblog.jb.com.br/flamengo/2011/11/21/o-torneio-colo-colo-de-1948-ou-a-desfacatez-vascaina-de-se-jactar-bi-campeao-da-america/ ).

Vamos ver o que o cara escreveu sobre o Sul-Americano de 48. Para começo de conversa, ele compara o campeonato de 1948 com o Mundial FIFA 2000. Já começa comparando duas competições que nada têm a ver uma com a outra. Aí ele fala que, se tivessem anunciado antes que os campeões de 1947 iriam jogar um sul-americano em 1948, os times teriam se esforçado mais, "os investimentos teriam sido maiores", segundo ele. Quer dizer, o cara tá dizendo o seguinte: em 1947 o Argentinão era a competição mais importante que qualquer time da Argentina podia ganhar, mas na cabeça dele, ganhar "só" o Argentinão "não seria suficiente" e os times argentinos teriam "se esforçado mais" ou "investido mais" se tivessem sabido que o Argentinão/47 daria vaga no Sul-Americano/48....daí a gente já vê a inteligência do cara. Dei a Argentina como exemplo, mas o raciocínio vale para todos, claro. Aí o cara diz que a competição não teve time de Paraguai, Colômbia e Venezuela.

Logo na página da Wikipédia sobre o Sul-Americano de 48 isso é devidamente muito bem explicado, inclusive com fontes: em 1947 o Paraguai teve sangrenta Guerra Civil que chegou a interromper seu campeonato ( http://www.portalguarani.com/obras_autores_detalles.php?id_obras=14204 ), a Colômbia só passou a ter liga de futebol em meados de 1948 (http://www.rsssf.com/tablesc/colchamp.html), ou seja, depois de já realizado o Sul-Americano de 48 (que foi no início daquele ano) e a Venezuela, além de ser uma mosca-morta que não faz falta nenhuma (nunca ganhou uma Libertadoresinha sequer até hoje) , não era filiada à Conmebol em 1948 e também não participou das primeiras Libertadores de 1960 a 1963 assim como não participou do Sul-Americano de 1948 ( http://es.wikipedia.org/wiki/Copa_de_Campeones_de_Am%C3%A9rica_1964 ). Tudo isso tá bem explicado e com fontes na página do Wikipedia sobre o assunto e qualquer um acha. Mas o flamenguista Gustavo Serra preferiu fingir que não viu.

Depois o cara falou que no Sul-Americano de 48 teve três times amadores, os de Peru, Bolívia e Equador. Em primeiro lugar, os quatro times profissionais que jogaram a competição (Vasco do Brasil, River da Argentina, Nacional do Uruguai e Colo Colo do Chile) não tinham culpa nenhuma que o futebol fosse ainda amador naquela época em Peru, Bolívia e Equador. Em segundo lugar, esses times não impactaram nada, pois se descontarmos os jogos com os times de Peru, Bolívia e Equador e contarmos só os resultados dos jogos entre Vasco, Rive, Nacional do Uruguai e Colo Colo, ainda assim o resultado final daria Vasco campeão. Em terceiro lugar, um time ser amador não é demérito nenhum, pois várias Copas do Mundo tiveram times amadores junto com profissionais, fora o fato que a própria Libertadores teve times amadores até 1977 (os times da Bolívia, que foram amadores até 1977, http://pt.wikipedia.org/wiki/Campeonato_Boliviano_de_Futebol). Em quarto lugar, Peru, Bolívia e Equador não valem nada no futebol, os dois primeiros nunca ganharam uma Libertadores sequer enquanto o Equador só muito recentemente deu uma melhorada e ganhou uma (umazinha só) Libertadores, em 2008, "só" 60 anos depois do Sul-Americano de 48. Isso já é claro logo na página da Wikipédia sobre o Sul-Americano de 48. Temos que (Brasil+Chile+Argentina+Uruguai = todas as Libertadores ganhas entre 1960 e 1978 e mais de 90% das Libertadores de 1960 a 1996, ano em que a Conmebol reconheceu o no Sul-Americano de 48), enquanto (Peru+Bolívia+Equador= uma só Libertadores, do Equador, 60 anos depois de 1948 e 12 anos depois da Conmebol ter reconhecido o Sul-Americano de 1948). Mesmo com todas essas informações disponíveis, o flameguista Gustavo Serra preferiu tentar convencer alguém que o amadorismo dos times de Peru+Bolívia+Equador importava mais que a presença dos melhores times de Brasil+Chile+Argentina+Uruguai no Sul-Americano de 48.

Depois, o cara escreveu que os times de Bolívia, Brasil e Equador eram campeões regionais e não nacionais e por isso não tinham "legitimidade" para participar do Sul-Americano/48. Para começar nestes países não existia campeonato nacional naquela época, então eles não podiam ser campeões nacionais mesmo. O representante da Bolívia foi o campeão da capital La Paz- de uma forma ou de outra, a Bolívia (zero Libertadores ganhas até hoje) não joga nada até hoje, que dirá em 1948, então não faz diferença mesmo. Sobre o representante brasileiro, o Vascão, ele era "só" a base da seleção brasileira e então campeão estadual do RJ, estado que tinha ganhado os três então últimos campeonatos brasileiros de seleções estaduais. Sobre o Emelec do Equador, ele tinha sido campeão do último campeonato de Guayaquil que tinha sido jogado, em 1946, e representou o Equador na Copa América de 1947, que foi toda jogada no estádio do clube (vale lembrar que, de qualquer forma, o Equador só ganhou sua primeira Libertadores 60 anos do Sul-Americano de 1948, e não valia nada no futebol daquela época mesmo). Todos esses dados estão disponíveis amplamente mas o Gustavo Serra preferiu ignorá-los.

Todo mundo sabe que para jogar uma Libertadores, vale o desempenho do time no campeonato do ano anterior. No caso, para jogar o Sul-Americano de 1948 obviamente valia o resultado do campeonato de 1947 (excetuando-se o caso do Emelec pois não teve campeonato em Guayaquil em 1947). O Vasco foi campeão estadual do RJ em 1947, RJ que era o então campeão brasileiro de seleções estaduais. Para dizer que o Vasco não tinha "legitimidade" para representar o Brasil no Sul-Americano de 1948, o tal do Gustavo Serra veio falar de derrotas do Vasco em amistosos de 1944 (!), 1946 (!!), e 1948 (!!!) e 1951 (!!!!). Isso mesmo: para dizer que o Vasco não tinha "legitimidade" para representar o Brasil no Sul-Americano de 1948, o cara chegou ao cúmulo de citar jogos posteriores ao Sul-Americano de 1948. Para dizer que o time do Palmeiras era melhor e que seria o Palmeiras que devia ter ido pro Sul-Americano/48, o Gustavo Serra chegou ao cúmulo de citar uma derrota do Vasco pro Palmeiras num jogo que ocorreu míseros 10 dias antes do embarque vascaíno para Santiago, quando a participação do Vasco no Sul-Americano já estava acertada há um bom tempo...

Não contente, o cara tentou dizer que o Sul-Americano de 1948 era só uma Teresa Herrera que não se entendia como Sul-Americano de fato. O nome oficial da competição era Campeonato Sul-Americano de Campeões, quase igual ao nome original da Libertadores (Copa de Campeones de America), só tinha times campeões de competições que com boas razões eram consideradas as melhores competições de seus países, e foi na própria época apoiada pela Conmebol. E mesmo assim o Gustavo Serra tentou convencer que a competição não se via como Sul-Americano de fato ...

Além disso, ele veio tentar desmerecer o Sul-Americano de 1948 dizendo que foi idealizado por um dirigente de clube e organizado por um clube. Estranhamente, como todo flameguista, ele idolatra a copa intercontinental, que também foi idealizada por um dirigente de clube (o presidente do Real Madrid ,Santiago Bernabeu) e organizada pelos clubes participantes (e depois pela montadora Toyota) sem apoio da FIFA, que só a reconheceu muitíssimos anos depois.

No auge de sua burrice e tentando inventar argumentos para desmerecer o Sul-Americano, o tal Gustavo Serra chegou a dizer que "tivessem os times de sabido que o campeonato ia ser oficializado anos depois, os times teriam se esforçado mais". Só faltou a ele lembrar que em 1948 tampouco o Vasco sabia que o torneio ia ser reconhecido em 1996- ou será que o Gustavo Serra acha que os dirigentes do Vasco tinham bola de cristal para ver o futuro??? Ele também veio com uma historinha que jornalistas argentinos e uruguaios riem quando dizemos que o Sul-Americano de 48 vale como Libertadores- será que algum jornalista argentino riria duma competição que tinha o campeão argentino??? Será que algum jornalista uruguaio riria duma competição que tinha o campeão uruguaio??? Eu acho impossível. "Coincidentemente", o Gustavo Serra afirma que argentinos e uruguaios riem do Sul-Americano de 1948 mas não cita um exemplo sequer do que ele tá afirmando que possa ser checado como fonte...

Por fim, o Gustavo Serra atribuiu o reconhecimento da Conmebol ao Sul-Americano de 48 como "cartolada" do Eurico Miranda, frisando o quão "influente" ele era, chegando a insinuar que teria tido corrupção no processo eleitoral pelo qual o Comitê Executivo da Conmebol reconheceu o Sul-Americano de 1948. Para começo de conversa, o Eurico nunca teve influência nenhuma fora do Brasil- cartolas de clubes brasileiros, mesmo sendo deputados federais, têm peso zero no exterior. Segundo, o Eurico teria que ser o dono de Wall Street para comprar o Comitê Executivo da Conmebol... Mais uma vez, o tal Gustavo Serra não tem argumento e apela para chororô dor-de-cotovelo para tentar diminuir o Sul-Americano de 1948... Claro, o Gustavo Serra preferiu "esquecer" que primeiro foi a própria Conmebol que reconheceu num livro o Sul-Americano de 1948 como precursor da Libertadores, e só posteriormente o Vasco, com base nesse livro, pediu o reconhecimento...

Bem, eu nunca tinha visto um flamenguista se gabando de ter ampla cultura histórica e escrevendo um texto inteiro para tentar demonstrar que o Sul-Americano de 48 do Vasco não valeria como uma Libertadores. O Gustavo Serra foi o único que eu vi fazer isso, - se os argumentos desse cara contra o Sul-Americano de 48 do Vasco são o máximo que a inteligência rubro-negra conseguiu produzir para falar mal daquele título, mais uma vez fica provado que o Vasco é com todos os méritos bicampeão Sul-Americano-Libertadores em 1948 e 1998...
Esse Gustavo Serra merece uma estátua em São Januário. Ninguém conseguiu comprovar o bicampeonato Sul-Americano1948-Libertadores1998 do Vasco melhor do que ele.

Estou torcendo para esse Gustavo Serra escrever um texto falando mal do Torneio Rivadavia Correa Meyer/1953 e do Torneio de Paris/1957. Com um opositor como esse, num duvido nada da FIFA reconhecer essas competições como intercontinentais se esse Gustavo Serra escrever um texto as criticando...

Agradeço ao Gustavo Serra. Ao falar mal do Sul-Americano de 48, ele elevou meu orgulho de torcedor do único carioca bicampeão da América.

luid666

Mensagens: 1550
Cadastro: 29/09/2010

Nível 0

Mensagem publicada em 29/02/2012 05:40
Mensagem apagada pelo moderador
Assinatura
C.R.V.G


1898

Campeão da Copa do Brasil 2011
  • Novo tópico
Páginas:  1  | primeira | anterior | próxima | última
Quem está online
0 usuários cadastrados e 1 visitantes.
Onde estou?  Fórum UOL Esporte > Vasco
  •  
Média geral    3.5 (2 votos)

1 votos (50.0%)

Excelente

0 votos (0.0%)

Ótimo

0 votos (0.0%)

Bom

1 votos (50.0%)

Regular

0 votos (0.0%)

Ruim