Onde estou?  Fórum UOL Esporte > Lutas
  •  
Compartilhe:
  • Enviar por e-mail
  • Orkut
  • Facebook
  • Twitter
  • Avalie:
25/11/2017 16:36

Joanna Jedrzejczyk minimiza derrota por “acidente” no UFC 217

  • Novo tópico
Páginas:  1  | primeira | anterior | próxima | última

.Imortal.

Mensagens: 4676
Cadastro: 28/05/2012

Nível 3


Joanna Jedrzejczyk perdeu o cinturão ao ser nocauteada no UFC 217 - Diego Ribas


Mesmo depois da sua derrota para Rose Namajunas no UFC 217 - evento que aconteceu no último dia 4 de novembro, em Nova York (EUA) -, Joanna Jedrzejczyk ainda não está pronta para abandonar a ideia de ser a campeã da divisão peso-palha (52 kg) feminino. Com o fim do seu reinado na categoria, a polonesa garantiu que pretende recuperar o seu posto e que vai "voltar ainda mais forte".

Apesar de ter sido nocauteada ainda no primeiro round pela americana, Joanna afirmou que não considera o resultado um erro da sua estratégia ou de sua postura adotada no octógono. Durante uma entrevista coletiva para o UFC Xangai, que acontecerá neste sábado (25), na China, a ex-campeã revelou que, para ela, a derrota não passou de um acidente.

"Erros acontecem com todo mundo. Mas não foi um erro, foi um acidente. Eu não vou culpar ninguém, porque tenho classe. Eu sou uma atleta profissional. Por favor, não digam nada sobre os meus treinadores ou a minha equipe. Nos preparamos para essa luta, eu deveria ter feito de uma maneira. Eu respeito a Rose Namajunas. Ela venceu em grande estilo mas as coisas são, como eu disse, um acidente. Sei como aconteceu, analisei a luta e sei o que aconteceu. Vou voltar mais forte do que nunca", opinou a polonesa.

A preparação para o evento de número 217 foi recheada de provocações por parte da ex-campeã, que usou todas as suas oportunidades para atacar Namajunas. Por isso, Joanna deu um recado destinado aos seus críticos que a chamaram de presunçosa e explicou que a sua atuação no show não apagou toda a sua carreira.

"As pessoas que estão dizendo que eu sou convencida e arrogante porque eu perdi. Eu quero falar que vou ser ainda mais convencida. E vou ser ainda mais arrogante. E vou falar ainda mais alto, porque sei o meu valor. Eu sou maior do que a noite do UFC 217", garantiu a atleta.

Joanna conquistou o cinturão da sua categoria em 2015 e esteve no octógono para defender o seu posto de campeã com sucesso em seis oportunidades, mesmo recorde mantido por Ronda Rousey. A derrota para Namajunas não só terminou com o seu reinado, mas manchou o seu cartel, que era invicto até então.


http://agfight.band.uol.com.br/joanna-jedrzejczyk-minimiza-derrota-por-acidente-no-ufc-217/

ZeusBH

Mensagens: 3673
Cadastro: 31/05/2012

Nível 3

Mensagem publicada em 26/11/2017 17:44
um pequeno erro
Assinatura
Vai, Cruzeiro!
Primeirino com orgulho!

Galo Doido!

Mensagens: 5731
Cadastro: 28/05/2012

Nível 4

Mensagem publicada em 27/11/2017 15:38
Peidona e pipoqueira!
Assinatura
UH É GALO DOIDO UH É GALO DOIDO

JPDias

Mensagens: 3563
Cadastro: 31/05/2012

Nível 3

Mensagem publicada em 02/12/2017 21:25
Conseguiu perder pra ninguém
Assinatura



Eu sou o usuário que venceu a guerra contra uma tropinha de clones sem vergonhas que só inventavam notícia fake.

Sejam eternamente agradecidos a mim.

TchecoMG

Mensagens: 3600
Cadastro: 31/05/2012

Nível 3

Mensagem publicada em 03/12/2017 19:07
JPDias
Conseguiu perder pra ninguém

UFC é isso aí
  • Novo tópico
Páginas:  1  | primeira | anterior | próxima | última
Quem está online
0 usuários cadastrados e 1 visitantes.
Onde estou?  Fórum UOL Esporte > Lutas
  •  
Média geral    5.0 (3 votos)

3 votos (100.0%)

Excelente

0 votos (0.0%)

Ótimo

0 votos (0.0%)

Bom

0 votos (0.0%)

Regular

0 votos (0.0%)

Ruim