Onde estou?  Fórum UOL Esporte > Lutas
  •  
Compartilhe:
  • Enviar por e-mail
  • Orkut
  • Facebook
  • Twitter
  • Avalie:
10/04/2018 15:34

POR QUE MAX HOLLOWAY E BRIAN ORTEGA FORAM AS PRINCIPAIS OPÇÕES PARA ENFRENTAR KHABIB NURMAGOMEDOV

  • Novo tópico
Páginas:  1  | primeira | anterior | próxima | última

Stallone.Cobra

Mensagens: 2916
Cadastro: 03/06/2012

Nível 3

Como foi noticiado aqui, Khabib Nurmagomedov irá enfrentar Max Holloway, no UFC 223, valendo o cinturão dos pesos leves do UFC. Ontem, o americano sensação da divisão dos penas, Brian Ortega divulgou em seu twitter que também foi convocado para substituir Tony Ferguson, mas com o
Assinatura
"Você é um COCÔ, e eu vou te matar".

Stallone Cobra

http://www.youtube.com/watch?v=BYSJLrilrEo

Galo Doido!

Mensagens: 6080
Cadastro: 28/05/2012

Nível 4

Mensagem publicada em 13/04/2018 16:06
Stallone.Cobra
Como foi noticiado aqui, Khabib Nurmagomedov irá enfrentar Max Holloway, no UFC 223, valendo o cinturão dos pesos leves do UFC. Ontem, o americano sensação da divisão dos penas, Brian Ortega divulgou em seu twitter que também foi convocado para substituir Tony Ferguson, mas com o "sim" de Holloway a luta não aconteceu.



O que me chamou a atenção nessa história toda foi: Por qual motivo nenhum lutador da divisão dos leves foi cogitado para lutar contra Khabib? Por que nenhum peso leve foi avisado para se manter preparado em caso de lesão de alguém. Por que as principais opções do UFC foram lutadores da divisão dos penas e não um lutador dos leves?

Tudo começa quando Conor McGregor venceu o cinturão da divisão. O irlandês nocauteou Eddie Alvarez no UFC 205 e nunca mais pisou em um octógono. Depois disso apenas Tony Ferguson e Khabib Nurmagomedov conseguiram vitórias em sequência contra os principais lutadores da divisão.

Khabib Nurmagomedov está invicto nunca perdeu um round, o russo venceu nomes como Rafael dos Anjos, Michael Johnson e Edson Barboza.

E Ferguson venceu 10 lutas seguidas até conquistar seu cinturão interino contra Kevin Lee, inclusive Rafael dos Anjos e Edson Barboza, lutadores que estavam no topo da categoria na época. Vale lembrar que Kevin Lee, #7, chegou a disputa do cinturão sem ter vencido nenhum dos grandes nomes dos leves, foi a última opção do UFC.

E dos 10 primeiros lutadores no ranking do UFC da divisão dos leves temos:

#9 Michael Chiesa vem de derrota para Kevin Lee, não existe cabimento aparecer como desafiante ao cinturão.

#8 Nate Dias não luta desde de 2016, quando foi derrotado por Conor McGregor e não parece nenhum pouco interessado em voltar a lutar.

#7 Kevin Lee acabou de ser derrotado por Tony Ferguson, tem luta marcada contra Edson Barboza. Seria impossível o UFC explicar Lee em duas disputas de cinturão seguidas sem ter vencido nenhum dos primeiro colocados no ranking.

#6 Justin Gaethje acabou de ser derrotado por Eddie Alvarez, nocauteado no terceiro round. Se tivesse vencido provavelmente seria o lutador a substituir Tony Ferguson.

#5 Dustin Poirier vem de vitória contra Anthony Pettis e enfrenta Justin Gaethje. Pouco badalado, o americano nunca venceu um lutador do topo do ranking e quando teve a chance foi derrotado.

#4 Edson Barboza acabou de ser derrotado por Khabib Nurmagomedov, não faria nenhum sentido uma revanche imediata. Khabib dominou o brasileiro por 3 rounds e não deu a menor chance para ele.

#3 Eddie Alvarez poderia ser o único nome que faria algum sentido. Alvarez é ex-campeão da categoria e venceu Justin Gaethje por nocaute após uma guerra de três rounds. Chegou a ser cogitado, mas não iria conseguir bater o peso para o dia da luta.

Khabib Nurmagomedov é o segundo, Tony Ferguson foi retirado do combate e Conor McGregor ninguém sabe quando volta.

Esse é o resumo da divisão que já teve um top 5 onde todos tinham condições de lutar pelo título e já foi considerada uma das melhores divisões do UFC.

A inatividade de um campeão deixou a divisão dos penas arrasada, no entanto novos talentos como Max Holloway e Brian Ortega surgiram. Na divisão dos leves a inatividade de um campeão também não deixou uma situação favorável, com a diferença que novos talentos ainda não apareceram.



No entanto, a ausência de Conor na divisão dos leves deu ainda mais força para a rivalidade entre Khabib e Ferguson. Uma luta que pode nunca acontecer, mas independente de qualquer coisa sempre será a luta a ser casada, é uma luta que eu, você e todos que gostam de MMA sempre teremos vontade de ver.

A sensação é que Khabib e Ferguson passaram anos disputando um torneio, derrotaram todos os nomes da categoria, se colocaram num patamar diferente de toda a divisão e por fim se enfrentariam, mas quis o destino que mais uma vez essa luta não acontecesse.



A lesão de Ferguson confirma a grandiosa geração de lutadores nos penas. E escancara a fragilidade da atual divisão dos pesos leves.



http://ultimoround.com.br/por-que-max-holloway-e-brian-ortega-foram-as-principais-opcoes-para-enfrentar-khabib-nurmagomedov/

Assinatura
UH É GALO DOIDO UH É GALO DOIDO

Galo Doido!

Mensagens: 6080
Cadastro: 28/05/2012

Nível 4

Mensagem publicada em 16/04/2018 15:45
up
Assinatura
UH É GALO DOIDO UH É GALO DOIDO
  • Novo tópico
Páginas:  1  | primeira | anterior | próxima | última
Quem está online
0 usuários cadastrados e 1 visitantes.
Onde estou?  Fórum UOL Esporte > Lutas
  •  
Média geral    5.0 (2 votos)

2 votos (100.0%)

Excelente

0 votos (0.0%)

Ótimo

0 votos (0.0%)

Bom

0 votos (0.0%)

Regular

0 votos (0.0%)

Ruim